Tino Andersen Freitas

  • 4
PRIMEIRA PALAVRA

“Queria aprender a ler, mas o dia era curto para suas vontades. Seu tempo era dividido em três ações: tempo de pedir, tempo de sentir falta e tempo de fantasiar. Seu livro preferido não tinha letras. Nem cor. Assim como sua vida.”

Em PRIMEIRA PALAVRA (Abacatte Editorial), Tino Freitas e Elvira Vigna nos fazem mergulhar na história dessa menina sem palavras e sem cor. Por incrível que pareça, pois o título leva também o nome palavra e o livro é belissimamente ilustrado. Elvira, no próximo dia 13, estará na Sala São Paulo para receber o seu Jabuti de Melhor Ilustração, e Tino foi finalista pelo texto na Categoria Literatura Infantil.

Antes de prosseguir preciso voltar ao dia 27 de agosto de 2011. Nesse dia eu ganhei uma dedicatória do Tino que guardo no coração até hoje! Vejam:

“Querido Renato,

Este é o nosso primeiro encontro (de muitos)

Primeira vez que vi o livro (OBA!)

Primeiro autógrafo (de muitos)

Guarde com carinho

Obrigado pelo carinho e pelo “trabalho” de lapidar os porquinhos.

Abraços do amigo Tino.”

Fui “incumbido” de mostrar ao Tino o livro “Os Três Porquinhos de Porcelana” (Melhoramentos) “pronto” nesta tarde na Livraria NoveSete! O nosso autor abriu um sorrisão de criança quando viu e a Cristiane Rogério foi testemunha rs! Ter participado do processo editorial dessa fábula foi um presente, pois era uma grande história do Tino e as ilustrações seriam do inigualável Walther Moreira Santos! Mas esses porquinhos terão um texto especial só deles, vamos voltar à PRIMEIRA PALAVRA!

“Neste livro há uma menina que, embora ainda não saiba ler, adora livros.

Neste livro há um gato que, embora não saiba ler, adora livros.

Neste livro há emoções para quem adora livros.

Vem!!!”

Um dos textos de quarta capa mais incríveis e convidativos que já li!

Como ficar de fora das vidas dessa menina e desse bichano?!

Tino e Elvira nos emociona ao contarem, com palavras e cores, a história da menina que não sabia ler e que não via cor na vida! Ela ficava pedindo uns trocados na esquina de uma livraria e, pro dia valer um pouco a pena, mergulhava no labirinto de estantes de livros e descansava a vida ao lado do gato, seu único amigo, na seção de literatura infantil.

“No dia em que completou oito anos, desejou ganhar de presente o livro da bruxa atrapalhada. Mas quem iria lhe dar?”

Confesso que me vi na personagem. A partir de certo momento, e isso acontece nos grandes livros, os sentimentos, os desejos e, principalmente, o seu amor pelo bichano eram meus. O pouco que ela tinha era meu.

O livro tão almejado da bruxa atrapalhada virou presente?

Amigos, Tino e Elvira nos desconcertam!

BIO Tino Freitas

“Adoro mergulhar num sebo em busca de novos livros velhos. E tenho uma gata que adora deitar sobre os livros em minha mesa de trabalho. A história que escrevi neste livro – PRIMEIRA PALAVRA – foi inspirada numa adaptação do conto “A Menininha dos Fósforos”, de Hans Christian Andersen, que ganhei de minha mãe e li, emocionado, quando tinha cinco anos. Espero que minhas palavras – ao lado das ilustrações de Elvira Vigna – tenham força e beleza para emocionar cada leitor que ousar descobrir este livro.”

Saiba mais em: http://literatino.blogspot.com.br/

BIO Elvira Vigna

“Acredito na possibilidade de um livro influenciar o pensamento e, portanto, a vida de alguém.”

“Elvira Vigna, além de ilustradora, é escritora de romances para adultos. Já recebeu os prêmios da Associação Paulista de críticos de Arte, Jabuti, Noma e vários da FNLIJ.”

Saiba mais em: http://vigna.com.br/

Amigos, um ótimo final de semana e até sexta!

Dia 8, Passarinho se encontrará com o livro SER CRIANÇA (Cia das Letrinhas), de Tatiana Belinky e Leda Catunda.

Agradecimentos:

A todos que me emocionaram com compartilhamentos no facebook e com comentários belíssimos sobre o texto “A menina do pai das delicadezas”, principalmente estes dadivosos, que tiveram a gentileza de postar no PASSARINHO as suas impressões:

Vinícius Linné, Pablo Morenno e Karin Krogh.

Um abraço especial para José de Alencar Mayrink e Lourdinha Mendes, diretores da Editora Abacatte.

Renato Coelho

Apaixonado pela Literatura Infantojuvenil.

 

4 comentários:

  1. Uma menina, me lembrou Eliza Doolittle, interpretada por Audrey Hepburn e Rex Harrison no adorável 'My Fair Lady' http://www.youtube.com/watch?v=ypHNkKoJpk4, para quem quiser relembrar!
    E a história da pobre menina, que não pedia trocados na esquina ou vendia fósforos , mas sim flores.. e que, quando adulta, aprende a ler com o Prof. Henry Higgins para se tornar uma 'lady'.
    Será que viajei na análise de "Primeira palavra"?
    _Mas foi a sensação que tive ao conhecer o personagem de que fala Tino Freitas. Uma deliciosa sensação!

    ResponderExcluir
  2. Renato, ainda estou engatinhando no maravilhoso mundo da literatura infantil. A cada dia me encanto um tantinho mais. Obrigada por esse precioso Passarinho! Leitura obrigatória! Um abração!

    ResponderExcluir
  3. Renato, a cada semana seu blog me enche de lembranças e de vivências.

    "Seu tempo era dividido em três ações: tempo de pedir, tempo de sentir falta e tempo de fantasiar." Sinto que o meu tempo ainda é assim.

    E o que dizer das lembranças dos meus primeiros livros e do gato que cresceu comigo? Das tardes que ficávamos ambos a ouvir as histórias contadas em fitas k7. Ah, quantas lembranças...

    ResponderExcluir
  4. Carlos Fernando Galvão6 de novembro de 2013 10:12

    Oi, Renato. É sempre bom conhecer pessoas novas e interessantes. Acho que fiz um bom amigo. A idéia de fazer um blog, neste mundo conectado, é sempre louvável, ainda por cima com um tema tão gostoso e importante quanto literatura. Parabéns. Abraços apertados deste carioca. Carlos Fernando Galvão

    ResponderExcluir